Links 30-11-08.

Como de costume aqui ficam os links desta semana para leitura:

O Juan Diego Polo do blog br.wwwhatsnew.com publicou um texto sobre o lifeblog um serviço que nos permite ter um passado mais completo.

O Paulo Faustino do blog wordpress-love.com divulgou 10 plugins que provavelmente ainda não conhecem.

O Ganha do blog ganhar-online.com ensina as técnicas para obter o máximo de votos nos agregadores de noticias e assim conseguir mais visitas.

O Muhammad Satar do blog maquinadodinheiro.com actualizou o blog com um texto sobre como investir nesta crise.

Boas leituras.

Actualização de segurança do WordPress.

Quando estamos todos à espera da nova versão 2.7 do WordPress surge a 2.6.5 com uma actualização de segurança.

Esta nova versão vem corrigir um  problema de segurança relacionada com o XSS que afecta servidores que funcionem com apache 2.x. Para  resolver isto basta copiar o wp-includes/feed.php e o wp-includes/version.php do wordpress 2.6.5 e substituir no vosso blog. Inclui ainda algumas correcções de erros existentes.

Para quem estranha o facto de terem saltado a versão 2.6.4 parece que tem a ver com o facto de ter havido uma falsa versão 2.6.4 que chegou ao publico.

Para verem mais informações podem consultar o blog oficial.

Ganhar dinheiro com um programa de afiliados imobiliário.

Todos os dias vemos na televisão empresas de imobiliário a queixar-se que não vendem nada por causa da crise. Algumas das vezes vemos também empresas que dizem não sentir a crise que as vendam se mantém ou aumentam. Ainda neste fim de semana vi numa revista um agente imobiliário que no ano passado facturou mais de 250mil euros e este ano queria chegar aos 300mil a vender casas. Como vêm a crise (se é que ela existe) não é para todos. Com boas ideias e com trabalho podemos passar ao lado da crise.

É por isso que eu acho que a empresa de imobiliária Manuel Tavares Cerveira, Lda está a usar a crise para crescer. Lançou um inovador sistema de afiliados. Nunca tinha ouvido falar sequer de um programa deste género quanto mais em Portugal.

O sistema paga quer por alguma venda de cada que façamos ou por alguma obra de construção que a empresa consiga através de um visitantes enviado por nós. O sistema é o seguinte:

Na venda de casas temos o seguinte modelo:

  1. 50 cêntimos por cada registo válido.
  2. 5€ por cada visitante que vá visitar um imóvel.
  3. 1000€ por cada venda efectuada.

Quanto à parte das construções o sistema é o seguinte:

  1. 50 cêntimos por registo válido.
  2. 5€ por cada orçamento entregue.
  3. 100€ por cada obra que a empresa consiga

O valor pago pela empresa é um bom valor e pode gerar uma boa receita em parte pela tão falada crise. Se por um lado dizem que está mau para compra e venda de casa não é bem assim. Para quem tem dinheiro esta é uma boa altura para investir em imóveis devido ao baixo preço a que estão. E se conseguirmos algumas visitas por mês, alguns pedidos de orçamento e alguns registos já recebemos um valor simpático sem contar com o maiores valores.

Quem se inscrever no programa de afiliados recebe ainda como bónus 25€. O pagamento é efectuado assim que se atingir 50€ (tirando o primeiro pagamento que por causa do bónus é de 75€). Os pagamentos são efectuados por paypal ou por cheque.

Para promoção do programa temos ao nosso dispor vários banners que estão de acordo com o que promovemos.

Programa de Afiliados:

Obras em casa:

Venda de Imóveis:

E existem mais disponíveis.

O que dizem do programa?

WP-Twitip-ID novo plugin para wordpress.

Do mesmo autor do plugin CommentLuv surge agora o WP-Twitip-ID mais um plugin para inserir conteúdo nos comentários.

O que o plugin faz é inserir mais um campo na parte dos comentários em que se pode inserir o username do twitter para que depois seja mostrado no comentário uma imagem com um link para o vosso twitter.

Aqui no blog após algum tempo às voltas com o código coloquei a imagem do twitter ao lado da imagem do gravatar que foi o sitio que achei que melhor se encaixava no resto do conteúdo do comentário.

Este plugin é mais um incentivo aos comentários no blog. Além de darem a conhecer a vossa opinião também deixam um link para último texto do vosso blog além de divulgarem a vossa conta no twitter o que pode significar mais seguidores.

Fica aqui uma imagem do que o plugin faz:

E vocês o que acham deste plugin? Deixem um comentário para o verem um funcionamento.

Se tiverem sugestões de alguma coisa que possa alterar na configuração digam.

Como inserir flash correctamente num blog.

Um dos problemas que tenho quando me compram publicidade é se o banner estiver em flash porque nunca sei bem como o colocar correctamente no blog.

Aproveitando a compra do banner por parte do metododinheiro.com fiz uma pesquisa de qual seria a melhor maneira de colocar o código no blog.

Encontrei então um artigo com uma explicação como inserir flash correctamente em XHTML.

Normalmente o código que usaria era o seguinte:

<object
classid="clsid:d27cdb6e-ae6d-11cf-96b8-444553540000"
codebase="http://fpdownload.macromedia.com/pub/shockwave/cabs/flash/swflash.cab#version=8,0,0,0"
width="550" height="400">
...
<param name="movie" value="/2008/11/movie.swf" />
<param name="quality" value="high" />
...
<embed src="/2008/11/movie.swf" quality="high" bgcolor="#ffffff" width="550" height="400"
type="application/x-shockwave-flash"
pluginspage="http://www.macromedia.com/go/getflashplayer">
</embed>
</object>

Mas isto tem alguns problemas. O atributo <object> é para uso do IE e não funciona nos outros browsers que por sua vez usam o atributo <embed> que não faz parte das especificações HTML ou XHTML tornando o código inválido. Além disso quem tiver o flash desactivado não vai ver o conteúdo.

O código tem então de cumprir vários requisitos:

  1. Tem de funcionar em todos os browsers
  2. Tem de apresentar conteúdo alternativo a quem tiver o flash desactivado.
  3. Não pode depender de Javascript.

Para realizar isso são precisos vários passos começando por tirar o atributo <embed> . Depois retira-se o classid e o codebase e substitui-se por Mime Type e data com o endereço do flash. Depois através de conditional comments e mais algumas alterações chega-se ao código final que será assim:

<!--[if !IE]> -->
<object type="application/x-shockwave-flash"
data="/2008/11/movie.swf" width="300" height="135">
<!-- <![endif]-->

<!–[if IE]>
<object classid=”clsid:D27CDB6E-AE6D-11cf-96B8-444553540000″
codebase=”http://download.macromedia.com/pub/shockwave/cabs/flash/swflash.cab#version=6,0,0,0″
width=”300″ height=”135″>
<param name=”movie” value=”movie.swf” />
<!–><!—->
<param name=”loop” value=”true” />
<param name=”menu” value=”false” />

<p>Esse é o conteúdo alternativo</p>
</object>
<!– <![endif]–>

O artigo que me inspirei para este texto foi retirado do pinceladasdaweb.