Melhores extras para firefox.

Em fevereiro eu pedi que cada um deixasse a sua lista de plugins para wordpress e para firefox. Já aqui fiz a compilação com os melhores plugins para wordpress e agora vou deixar a lista para o firefox.

Mais uma vez a lista não tem qualquer ordenação e não significa que o que aparece primeiro é melhor que o que aparece a seguir.

1. Gmail Manager.
Para quem quer estar sempre atento aos emails do gmail que recebe este é um bom plugin. Dá para usar com vários emails, para fazer auto-login, configurar de quanto em quanto tempo queremos que verifique se existe ou não emails novos e sempre que existir podemos optar por nos ser motrada uma pré-visualização. Assim sem precisarmos de entrar no gmail podemos ver de quem são os emails e de que tratam.

2. ColorZilla.
Um extra útil para quem está a trabalhar com cores para sites e que foi referenciado num comentário e é usado por mim. Com a pipeta que este plugin trás podemos escolher uma cor que esteja presente no ecrã e guarda-la. Depois podemos copiar o código da cor para utilizar noutro programa. Permite ainda ver as coordenadas do ponto onde o botão do rato se encontra e muitas outras opções.

3. Screengrab.
Mais um extra que foi falado num comentário e que é usado por mim. Para quem gosta de tirar os seus próprios print screens para utilizar nos seus blogs é uma boa opção. Permite tirar um print screen à página inteira, à parte visível, à janela ou então apenas à parte que seleccionarmos. As imagens resultantes destas opções podem ser logo salvas num ficheiro ou então copiadas para serem utilizadas num programa de edição de imagens.

4. SearchStatus.
Esta pequena barrinha tem uma grande utilização. Permite ver o page rank e o rank alexa da página em que estamos. Para além disso permite ainda realçar os links nofollow, ver as meta tags (título, descrição e as keywords) de uma página, um relatório de links (número total de links, link internos, externos, nofollow e follow da página), dá para ver o robots.txt usado no site, fazer um whois ao dominio, ver o sitemap para além de podermos escolher uma determinada palavra para que nos seja apresentado um relatório sobre ela (onde e quantas vezes aparece).

5. Seo for Firefox.
Este extra funciona quando realizamos alguma pesquisa e da-nos informação sobre os sites que aparecem na pesquisa. Podemos ver o page rank, a idade que o domínio tem, os links etc. Muito bom para analisar a concorrência e ver o que temos de fazer para a ultrapassar.

6. Adsense Notifier.
Para os fãs de ganhar dinheiro este é o extra ideal. Com ele podemos ver quanto estamos a ganhar no adsense.  Mostra os clicks, as impressões, CPM e o CTR e claro quanto ganhamos. Eu tenho tido problemas em coloca-lo a funcionar com a versão que tenho do firefox mas como vejo muita gente a conseguir o problema deve ser meu. Também não dediquei muito tempo a tentar resolver. Desse lado funciona?

7. Firebug.
Quem trabalha com html e css por exemplo em temas para wordpress vai adorar este plugin. Além de todas as opções que um editor normal tem neste quando se faz alguma alteração ela aparece logo no ecrã. Por exemplo estão a editar um tema e alteram a largura do mesmo aparece logo no ecrã a alteração no tema. Assim pode ver o resultado final. Muito bom. O contra é que tem um problema reportado de tornar o gmail mais lento. A mim não me acontece mas o erro o reportado em vários lados na internet.

8. FireFTP.
Quem trabalha com blogs/sites tem de utilizar um cliente ftp a dada altura. Neste aspecto existem muitos programas para o efeito mas eu optei por um programa que se encaixe no firefox. Pode não ser o melhor mas faz muito bem o sem trabalho.

E aqui ficam alguns extras mais ou menos importantes para o firefox. Já os conheciam a todos?

Como se iniciar no adwords.

Eu à tempos atrás aproveitando uma promoção da PTServidor (eles oferecem um vale adwords entre 50€ a 100€ dependendo do valor da compra) iniciei-me no Adwords. Como a campanha é apenas para contas novas ou criadas à menos de 14 dias e eu ainda não tinha conta lá me lancei eu como anunciante. Como nota referi apenas que qualquer que seja o valor do vale têm sempre se colocar pelo menos 10€ para activar a conta.

Quando criei a conta juntando o vale dado pela PTServidor  com o valor que coloquei lá através do cartão de crédito fique com 80€ já descontando os 5€ de taca de activação. Como me estou a iniciar nisto e não quero gastar dinheiro à toa estou a começar muito devagarinho.

Para começar devagar criei apenas um anúncio muito simples:adwords

A ideia que quis dar é que com um blog se pode ganhar dinheiro na internet. Como não sabia bem como a coisa funcionava optei também por escolher um valor máximo que ia pagar por clique de 2 cêntimos. Um valor baixo que eu sabia que significava que assim ia ter poucas visualizações já que iriam existir anúncios a pagar mais e que iam aparecer antes do meu. Mas como o objectivo principal era não gastar muito dinheiro e aprender algumas coisas não havia problema.

Depois do anúncio criado vem uma das partes mais importantes a escolha das keywords em que quereremos que o anúncio apareça. O segredo aqui é conseguir encontrar palavras chave que estejam relacionadas com o anúncio mas que por outro lado tenham pouca concorrência para assim pagarmos menos.

Eu para este anúncio criei uma lista com 34 keywords. Uma mais curtas com apenas 2 palavras e outras mais longas com 5 palavras. O google vai analisar as palavras chave e vai atribuir um indice de qualidade de acordo com a relevancia do texto do anúncio e com a página de destino neste caso o endereço webvicio.com. Em algumas das keywords obtive um indice de qualidade “ok” que significa que poderia melhorar um pouco mas em grande parte obtive “muito boa” a nota máxima.

Este anúncio até agora tem 930 visualizações e 26 cliques que dá 2,80% de CTR. Um valor baixo que significa que o anúncio não chama muito a atenção de quem o lê um aspecto e melhorar para um próximo anuncio. Neste caso esse aspecto não tem impacto no valor gasto porque apenas pago por clique. Se o anúncio fosse pago por visualização então ai teria de o tornar o mais apelativo possível.

Na nossa conta podemos ainda encontrar a posição média que determinada keyword tem de acordo com o valor pago. A minha keyword melhor posicionada tem uma posição média de 4,9 (1,0 é o melhor) o que quer dizer que é uma keyword com pouca concorrência e que mesmo pagando apenas 2 cêntimos tenho em média 4 anúncios à minha frente e que pagam mais. Pelo contrário e como o esperado a keyword “ganhar dinheiro” é a que se encontra em pior posição com um valor médio de 70,0. Isto quer dizer que existem 69 anúncios à frente do meu e que estão a pagar mais por essa keyword que eu.

Existem ainda outras keywords que não tiveram qualquer impressão e que não tem qualquer informação sobre a posição média. Não existe procura para essas keywords e o anúncio não aparece.

Estou a aprender bastante com esta experiência e o valor que gastei 52 cêntimos não é nada comparado com o que aprendi. Além disso ainda tive 26 visitantes no blog para juntar ao lado positivo.

Aqui fica a primeira lição para quem quiser se iniciar ao adwords. Mais lições surgirão nos próximos tempos.

E vocês já usam adwords?

Como o twitter nos torna melhores escritores… ou não.

Vi um texto no copyblogger.com que achei engraçado mas que não sei se será verdade.

Nele podia ler-se que o twitter nos fazia melhores escritores e dava 3 razões para isso:

- O twitter obriga-nos a ser resumidos.
Se temos um limite de 140 caracteres para dizermos o que quisermos. Todos os caracteres (espaços, sinais de pontuação, etc) contam por isso temos de saber exactamente o que queremos dizer e faze-lo com o mínimo de palavras possível.

- O twitter obriga-nos a exercer o nosso vocabulário.
Se temos o limite de caracteres temos de tentar usar palavras mais pequenas mas que ao mesmo tempo signifiquem o mesmo e descrevam bem o que queremos.

- O twitter obriga-nos a melhorar as nossas habilidades para editar o que escrevemos.
Todos os escritores tem de ser capazes de editar o seu trabalho. Quando escrevemos um tweet nem sempre fica com 140 ou menos caracteres e temos de alterar até ter. É quase um jogo. Ao mesmo tempo temos de conseguir captar a atenção de quem nos segue.

Estas são as razões do texto e que tem fundamento de ser mas que não acho que resultem em todos os casos. Se fosse assim as mensagens do telemóvel teriam os mesmos efeitos e o que se vê é que a escrita em vez de melhorar acabou por piorar. Grande parte dos utilizadores de telemóvel quando enviam uma mensagem em vez de praticarem a escrita acabam por usar k e x em lugares que eles não existem e abreviações inventadas. Depois esse modo de escrita acaba por passar para fora de telemóvel e acabar em testes ou noutros locais menos próprios.

Com o twitter pode acontecer o mesmo. Claro que o twitter pode ajudar a tornarmo-nos melhores escritores mas desde que se cumpra a ortografia correcta.

O que acham?

Links 12-04-09.

O DicadeDica do blog dicadedica.blogspot.com publicou um textocom o top 5 das melhores aplicações para twitter.

O Web Milionário do blog webmilionario.com anda à procura de parceiros para mega projecto.

O Mário Andrade do blog muiomuio.netdiz como excluir posts ou páginas dos resultados de uma pesquisa.

O blog oficial do adsense em português presta alguns esclarecimentos sobre a exibição de anúncios para quem reparou nas mudanças que surgiram nos endereços.

Boas leituras e boa Páscoa.

Backup das imagens, do tema e dos plugins de um blog.

Atenção: Antes de instalar o plugin tenham um backup da base de dados. Quando instalei deu-me problemas e deixei de conseguir aceder ao blog. Foi só apagar a pasta do plugin que voltou tudo ao normal.

Aqui á tempos falei nos plugins mais úteis para wordpress em que incluia o WP-DBManager para um bakup da base de dados. Esse plugin é muito bom mas apenas faz backup da base de dados. Para resolver isso foi criado o plugin WordPress Backup que faz um backup da pasta de uploads (as imagens), do tema do blog e da pasta dos plugins.

Quando o backup é feito é disponibilizado um ficheiro para download ou então temos também a opção de enviar o backup por email. Enviar por email pode ser a melhor opção caso o tamanho do ficheiro de backup não seja demasiado grande o que com imagens acontece rapidamente.

Eu aqui no Webvicio tive problemas a instalar o plugin. Vi muitos casos de relatórios de instalações bem executadas por isso talvez o problema seja meu ou de alguma configuração que esteja menos correcta. A instalações é como a de qualquer plugin wordpress muito fácil e basta copiar os ficheiros para a pasta dos plugins e activa-lo. Depois é so alterar as configurações caso seja necessário.

Para quem apenas quer um backup da base de dados e tem problemas com o WP-DBManager pode esperimentar o WP-DB-Backup. Não sendo tão completo noutras opçoes para o simples backup funciona muito bem.