Adsense anda em onda de banir o pessoal.

Esta história começou num site brasileiro que alertou o pessoal para a situação do Google andar a banir quem usasse nos posts o título + adsense + conteúdo como é muito normal se encontrar nos blogues.

A regra não é nova mas parece que o Google anda a apertar mais o cerco. Todos nós que usamos adsense sabemos que não podemos incentivar os visitantes a clicar, que não podemos tentar enganar o visitante e faze-lo pensar que os anúncios são parte do conteúdo etc. Mas a ser verdade o Google anda a banir quem faz isso.

Por exemplo colocarmos um título “Grandes promoções” e depois inserirmos um banner adsense é segundo o Google estar a enganar os visitantes e a os induzir a clicar na publicidade.

Eu ainda estou a pensar em maneiras de tentar cumprir as regras e de diferenciar os anúncios do resto do conteúdo. O que se torna um pouco dificil de tivermos em conta que não existem regras claras quanto ao que podemos ou não fazer.

O Google diz-nos para integrarmos os anúncios com o site e usarmos cores parecidas mas depois banem-nos. Poderiamos por exemplo colocar um fundo diferente do blogue nos anúncios mas será que estavamos a diferenciar os anúncios do conteúdo ou a chamar mais a atenção para os anúncios?

O que dizem disto? Como vão reagir a esta acção do Google?

21 comentários a “Adsense anda em onda de banir o pessoal.”

  1. Não tenho qualquer problema (acho eu), seguir as directrizes é o mínimo que se pode fazer para não ser banido.
    Não ser o site ou blog banido já é uma sorte, se colocas debaixo do títuli e banners de 336X280, no browser não se chada a ver nada do conteúdo!!

  2. Nuno tudo depende de como colocares os anúncios mas sim em alguns casos não se vê conteúdo. Por exemplo tu usas anúncios adsense por baixo do título. Tudo depende de como se coloca.

  3. Existe muitas formas de colocar adsense por baixo do título, exista a forma intrusiva e uma forma aceitável, não existe uma forma objectiva de avaliar isso, por falar nisso tenho de alterar os únicos que estão a pisar o risco, e é no mkgratis.com

  4. Nuno por exemplo como tens no dominiosfan do lado direito por exemplo é menos intrusivo mas fica abaixo do título na mesma. Fico em dúvida se podemos ou não colocar assim.
    Quanto ao mkgratis está por cima do título até. Se vi bem.

  5. Nelson, acho muita sacanagem direcionar visitantes para clicarem e creio ser correta a ação tomada pelo Google em casos como o citado por você, com o uso das palavras “Grandes Promoções”.
    Acho que é relativamente fácil estar em dia com as diretrizes do AdSense. O grande problema é que, diversas vezes, estamos realmente perdendo com certas regras.
    Um grande abraço!

  6. Alan tudo depende de como fizeres as coisas mas não acho que se incorrecto. Imagina que eu usava adsense aqui no blogue e fazia uma promoção de publicidade e como título do texto de divulgação usava “grande promoção”. A minha intenção não era enganar os visitantes nem nada que se parecia.
    Mas tudo depende dos casos existem alguns que é simplesmente para terem cliques claro.

  7. Esta é apenas mais um aspecto que me ajuda a motiva a utilizar formas de rentabilização alternativas. Que aliás é algo que tenho vindo a “apregoar”, desde que os meus ganhos de adsense começaram a baixar recentemente.
    E ainda bem, pois como já disse, acho que devemos utilizar outras formas de rentabilização.
    Ficarmos dependentes de situações como o adsense para ganhar dinheiro é, na minha opinião um erro crasso.
    Por 2 motivos:
    – colocamo-nos numa posição de risco se nos cancelarem a conta por alguma razão
    – estamos a limitar bastante os nossos ganhos

    Tenho exemplos meus em que, num mês ganhei mais com venda de publicidade directa, do que ganharia em 3 ou 4 meses com adsense.
    Além de que, já existem tantas alternativas, que julgo justificar o teste. Não sendo exactamente iguais, mas são alternativas reais e que podem inclusive aumentar os ganhos.

    Mas isto, são apenas os meus 2 centimos.

    Abraço,
    JR

  8. João sim claro é preciso ter várias formas de rendimento porque se usarmos apenas adsense estamos a correr muitos riscos e às vezes a perder dinheiro, mas o adsense continua a ser muito útil em certos casos.

  9. Nelson, eu realmente acho que o Google não está agindo de maneira correta. Os anúncios não servem para dar ainda mais relevância aos artigos? Não servem para complementar o artigo e dar a ele outras opções para os leitores?

    Acredito que o Adsense está muito rigoroso, pois não estamos fazendo nada de errado. Acredito que existem exceções, pois a maioria dos blogs utilizam as caixas grandes, dentro dos artigos, após o título e no final da postagem.

    Realmente, as regras não são claras!

    Abraços.

  10. Silvio à casos e casos mas banir porque simplesmente porque se utiliza um caixa de texto abaixo do título e o título é sugestivo como o exemplo que dei acho que é demais.
    Mas ao menos que digam claramente as regras. Por exemplo dizem se podemos ou não colocar depois do título, e se pudermos temos de fazer de determinada maneira por exemplo.

  11. Mario sim é verdade. Eles por cima do bloco tem “Advertisement” o que pode mudar um pouco as coisas não sei.
    Vemos milhares de sites com isso e nem todos são banidos.

  12. Eu acho que existe mais mito do que realidade nessa hist´´oria do Google banir sites. Aqui no Brasil temos a Globo.com que descaradamente modifica os anúncios do Google e mesmo assim formam uma pareceria de muitos anos.

  13. Nelson, também não sei, mas desconfio que é porque dão muito dinheiro a ganhar ao google. É que em alguns exemplos é descaradissimo, tal como disseste não faltam trackers de torrents ilegais com adsense. E os parceiros grandes contas do google podem fazer o que bem entender na formatação dos anúncios, quanto mais parecido estiver com o conteúdo melhor.
    Depois anda o ze povinho com os *** na mão com medo que alguém na equipa do adsense acorde mal disposto e implique com a cor ou disposição dos nosso anúncios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *