Automatizar os backups e o seu armazenamento.

Com o problema que houve recentemente com a PTServidor em que tiveram um servidor atacado e que actualmente ainda estão a tentar recuperar alguns dos backups do disco que tem alguns sectores danificados lembrei-me ainda mais que ter backups é fundamental. Muitas das contas já foram recuperadas e se algumas ainda não foram é porque os seus donos não tinham backups. A PtServidor está a tentar tudo para recuperar os dados e espero que tenham sucesso nisso mas se os donos dos blogs/sites tivessem backups já teriam os seus sites online. O facto de a empresa de alojamento fazer backups não é garantia total de segurança porque como vêm se apenas tiverem um backup os problemas podem acontecer. Além da empresa também vocês devem ter os vossos próprios backups. Neste caso a PTServidor está a fazer um grande trabalho e que já teve grandes custos para eles para mandar vir o disco da América de forma urgente. Nem todas em empresas de alojamento faziam isso e merecem os parabéns por isso.

Este acontecimento fez-me pensar se estava a agir correctamente em relação aos backups. Eu usava um plugin que semanalmente enviava por email o backup da base de dados e assim no maximo se alguma coisa acontece-se perdia 1 semana de trabalho. Digo usava porque mudei de método que este não me parecia suficiente.

Em primeiro lugar criei uma nova conta do Gmail (podem usar outro qualquer email apenas usei este devido à sua grande capacidade de armazenamento e por já estar habituado a trabalhar com ele) apenas para armazenar os backups. Achei melhor criar um novo email por uma questão de organização mas isso fica ao vosso critério. Os backups ficam assim num servidor diferente do servidor do blog.

Depois instalei o plugin WP-DBManager. Tive de criar uma pasta “backup-db” na pasta “wp-content” com as permissões 777 e de resto é como os outros plugins fácil de instalar. Depois configurei-o para todos os dias me enviar para o email um backup da base de dados e activei a compressão Gzip. Escolhi uma vez por dia mas podia colocar mais frequentemente se quisesse. Acho que apenas se justifica mais que uma vez por dia se o blog tiver várias actualizações por dia.

Escolhi este plugin porque além de me dar todas as opções para escolher de quanto em quanto tempo quero o backup permite ainda fazer uma optimização à base de dados e configurar automaticamente a optimização no meu caso mensalmente. Permite ainda reparar a base de dados e se quisermos apagar alguma tabela ou simplesmente apagar o conteudo de alguma tabela da base de dados.

Depois vou ainda semanalmente ou quinzenalmente fazer download do ficheiro de backup e guarda-lo numa pen para ter em dois lugares diferentes os backups para prevenir qualquer eventualidade.

Agora é so aplicar este plugin a todos os meus outros blogs e acho que com isto posso evitar muitas chatices caso futuramente surja algum problema com o alojamento. Não se esqueçam também que não é so a base de dados que precisa de backups. O theme por exemplo caso o tenham personalizado também deve ser alvo de backups sempre que fazem mudanças.

E vocês fazem os vossos backups regularmente ou nunca se preocuparam com isto?

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>