Arquivo de etiquetas: html

Links 10 Outubro 2010

O Mário Andrade do MuioMuio.net explica como limitar o número de revisões que o WordPress guarda na base de dados.

O Juan Diego Polo do br.wwwhatsnew.com escreveu sobre o HTML Instant. Programa e vê o resultado em tempo real.

No blogue oficial da PTServidor podemos encontrar um texto que explica a diferença entre domínios parqueados e domínios adicionais no cpanel.

A Ana Martelo do SerFreelancer.com publicou um texto com uma lista dos melhores temas para portefólio.

Boas leituras e bom fim de semana.

Como inserir flash correctamente num blog.

Um dos problemas que tenho quando me compram publicidade é se o banner estiver em flash porque nunca sei bem como o colocar correctamente no blog.

Aproveitando a compra do banner por parte do metododinheiro.com fiz uma pesquisa de qual seria a melhor maneira de colocar o código no blog.

Encontrei então um artigo com uma explicação como inserir flash correctamente em XHTML.

Normalmente o código que usaria era o seguinte:

<object
classid="clsid:d27cdb6e-ae6d-11cf-96b8-444553540000"
codebase="http://fpdownload.macromedia.com/pub/shockwave/cabs/flash/swflash.cab#version=8,0,0,0"
width="550" height="400">
...
<param name="movie" value="movie.swf" />
<param name="quality" value="high" />
...
<embed src="movie.swf" quality="high" bgcolor="#ffffff" width="550" height="400"
type="application/x-shockwave-flash"
pluginspage="http://www.macromedia.com/go/getflashplayer">
</embed>
</object>

Mas isto tem alguns problemas. O atributo <object> é para uso do IE e não funciona nos outros browsers que por sua vez usam o atributo <embed> que não faz parte das especificações HTML ou XHTML tornando o código inválido. Além disso quem tiver o flash desactivado não vai ver o conteúdo.

O código tem então de cumprir vários requisitos:

  1. Tem de funcionar em todos os browsers
  2. Tem de apresentar conteúdo alternativo a quem tiver o flash desactivado.
  3. Não pode depender de Javascript.

Para realizar isso são precisos vários passos começando por tirar o atributo <embed> . Depois retira-se o classid e o codebase e substitui-se por Mime Type e data com o endereço do flash. Depois através de conditional comments e mais algumas alterações chega-se ao código final que será assim:

<!--[if !IE]> -->
<object type="application/x-shockwave-flash"
data="movie.swf" width="300" height="135">
<!-- <![endif]-->

<!–[if IE]>
<object classid=”clsid:D27CDB6E-AE6D-11cf-96B8-444553540000″
codebase=”http://download.macromedia.com/pub/shockwave/cabs/flash/swflash.cab#version=6,0,0,0″
width=”300″ height=”135″>
<param name=”movie” value=”movie.swf” />
<!–><!—->
<param name=”loop” value=”true” />
<param name=”menu” value=”false” />

<p>Esse é o conteúdo alternativo</p>
</object>
<!– <![endif]–>

O artigo que me inspirei para este texto foi retirado do pinceladasdaweb.