Um exemplo de publicidade que resulta.

Nem sempre a publicidade que achamos ser a mais simpática é a que resulta melhor. Por vezes uma publicidade um pouco mais agressiva e polémica pode trazer resultados muito melhores.

Um exemplo disso é a publicidade da Go Daddy no Super Bowl. Para quem não conhece o Super Bowl é o jogo final do campeonato de futebol americano. É o maior acontecimento desportivo e é o programa com maior audiência visto por milhões de pessoas. A publicidade durante esse evento é paga a peso de ouro, para terem uma ideia este ano 30 segundos de publicidade custaram 3 milhões de dólares.

Aqui ficam os anúncios da Go Daddy:

Que dizem dos anúncios? Eu acho que estão engraçados e captam a atenção.

O Bob Parsons CEO (Director-Geral) da Go Daddy lançou um vídeo onde conta o que se aprendeu com a publicidade deste ano no Super Bowl.

A publicidade negativa pode ser muito mais valiosa que a publicidade positiva. Ao ouvirmos publicidade que queremos ouvir podemos ficar todos contentes mas se a publicidade for controversa vai chamar mais a atenção. A publicidade da Go Daddy foi criticada pelos vários meios de comunicação e foi adjectivada de sexista, estúpida, desapontante, sem piada, embaraçosa e muitas outras coisas.

Como os media não gostaram falaram da publicidade nas televiões, nas rádios e nos jornais vezes sem conta e estima-se que este publicidade acrescida tenha um valor de 10 milhões de dólares e teve uma reacção positiva na audiência. Quem ouvia falar mal da publicidade dirigia-se a godaddy.com para verem por eles mesmos a publicidade. Com isto a Go Daddy atingiu um novo recorde nas visitas e um novo recorde de vendas.

Ou seja mesmo tendo gasto tanto na publicidade conseguiu um bom retorno porque criou uma publicidade controversa e polémica em vez de uma publicidade simpática.

Mas esta é uma pequena parte do vídeo feito pelo Bob Parsons que podem ver na integra aqui. O vídeo tem pouco mais de 10 minutos mas podem tirar alguma conclusões interessantes e podem aprender mais um pouco sobre marketing.

E vocês usam publicidade positiva ou publicidade negativa?


4 comentários a “Um exemplo de publicidade que resulta.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *